“O POVO DE DEUS REUNIDO”

Padrão

“Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor”. Sl. 122,1

     Era um sábado, dia 14 de março deste ano quando eu voltava de São Paulo depois de algumas reuniões na Universidade Presbiteriana Mackenzie. As notícias eram de pandemia no Brasil e o consequente isolamento. Nada ainda parecia ter mudado, os estabelecimentos estavam abertos e as pessoas nas ruas. Na rodovia, de volta à Sorocaba, movimento normal nos postos e além do normal em áreas de lazer e passeio. Não pude acreditar que tudo ficaria parado. No domingo, 15/03, fizemos o primeiro culto e avisamos: “Calma, tudo está bem e lançamos o Auto de Páscoa”. Mas, no segundo culto já viria a notícia: “Tudo será suspenso a partir de segunda-feira e cancelado o Auto”. Que susto! No terceiro culto, o número mínimo de presentes já apontava para a chegada do medo e da apreensão.

     Hoje, pouco mais de seis meses de tudo isso, a Igreja do Calvário volta a se reunir para oferecer culto a Deus de maneira presencial, pelo menos aqueles que podem e querem. Muitos ainda acompanharão online, mas para uma comunidade que em 51 anos jamais deixou de ter um culto dominical, esse tempo tem sido grande e doloroso. Nem dá pra imaginar uma comunidade viva, vibrante e atuante como a nossa com as portas fechadas nos domingos. Por tudo isso, e muito mais, é que estamos tão felizes hoje, afinal, o Salmo 122 tem um sentido e um significado muito especial nesta experiência, da alegria e saudades dos átrios do Senhor, como no Salmo 84 também está descrito. Você pode participar presencialmente? Celebre! Continua online? Celebre também! Em tudo vamos render graças ao Senhor e seguir com fé!

     Um abraço, Deus abençoe a sua vida e família!

Pastor Arthur Júnior

FÉ REAL

Padrão

“Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta”.  Tiago 2.17


     A epístola de Tiago é muito conhecida por sua reflexão sobre fé e obras. O escritor Tiago, irmão de Jesus, argumenta que uma fé real é uma fé em ação. Como definimos a fé?  De acordo com as Escrituras, “a fé é a certeza de coisas que se esperam, e convicção de fatos que não se veem” (Hebreus 11.1). E o que seriam as obras? Na língua original (grego) a palavra é εργον (ergon), que significa aquilo que alguém se compromete a fazer, empreendimento, tarefa.

     Fazer obras não é fazer algo para se sentir bem, e sim o comprometimento em se doar em favor do próximo, pois Jesus se entregou por completo no madeiro por mim e por você. Se hoje expressamos o amor, fazemos, pois fomos amados por Jesus. O reverendo Roberto Brasileiro em um dos seus sermões dominicais disse a seguinte frase: “O homem que deixa de ter fé no futuro, deixa de sonhar. Quem não sonha é um morto vivo”. A fé permeia todas as nossas ações, pois a fé salvífica em Cristo nos modifica e motiva o nosso caminhar, nos mantendo vivos e perseverantes no caminho excelente.

     Fé e obras estão intimamente ligadas! Expresse sua fé em amor. Uma fé real é frutífera, e tem suas mãos marcadas pelos calos do comprometimento ao próximo. Que não sejamos mortos vivos, mas que Deus nos ajude a ter essa fé real que é engajada na missão do Criador.

Matheus Araujo

É VERDADE ESTE BILHETE

Padrão

Saúde nos relacionamentos

“Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,” Filipenses 2.5

     Conflitos nos relacionamentos são praticamente inevitáveis! Somos pessoas diferentes, com culturas e   personalidades distintas. Assim, é esperado que os conflitos apareçam no ambiente da família, no trabalho, na escola, e até mesmo na Igreja. E é importante compreender que a presença de conflitos não significa necessariamente enfermidade nos relacionamentos. Conflitos não tratados, estes sim, adoecem o corpo vivo de Cristo, e os demais relacionamentos. A principal pergunta a ser feita então é: Como resolvemos os conflitos a fim de preservar a saúde nos relacionamentos?

     O apóstolo Paulo, escrevendo aos filipenses, é cirúrgico no tratamento de conflitos relacionais. No capítulo 4, ele chama a atenção de Evódia e Síntique, duas mulheres da Igreja em Filipos, que haviam se desentendido. Não sabemos o motivo do  conflito, mas foi sério, ao ponto de o apóstolo escrever uma  nota em sua carta, um pequeno  bilhete, endereçado às duas: Filipenses 4:2 “2 O que eu rogo a Evódia e também a Síntique é que vivam em harmonia no Senhor.”  Paulo pede que as irmãs em Cristo resolvam o conflito “no Senhor”. O que isso significa? Significa exatamente o que ele já havia dito no capítulo 2, versículo 5: Tenham a mesma humildade, bondade e obediência que houve em Cristo Jesus. Perdoem uns aos outros! Não se considerem superiores uns em relação aos outros. Peçam perdão! Perdoem e permitam que o Espírito Santo cuide das emoções e lembranças do coração.

     Se você, que está lendo esta pastoral, está com o relacionamento partido com alguém, peça ao Espírito Santo pra derramar sobre você as virtudes de Cristo Jesus e, assim, procure o seu próximo pedindo e oferecendo perdão. É dessa maneira que o Espírito Santo edifica em nós uma igreja forte, uma família estrutura, uma vida saudável.

Pastor Marcus Vinícius

MAIS ALÉM

Padrão

     Toda vez que eu ouço a palavra superação sempre vem a minha mente algum esporte, e refletindo sobre essa situação lembrei me que superação significa ir além, ultrapassar. Sabe quando o atleta encontra aquela força extra para conseguir alcançar seu objetivo? Sabe aquele momento que você está no impasse de desistir ou dar um pouco mais? Superação é exatamente sobre isso, sobre esse momento que acabei de te questionar e a decisão de seguir em frente.

     Mas o que tudo isso tem a ver com a minha ou a sua vida, visto que muitos de nós não somos atletas? Olha, eu não sei o que você tem passado na sua vida, talvez uma decepção amorosa, uma decepção com a igreja, com a sua família, com o seu trabalho ou uma doença. Independentemente da situação eu quero apresentar pra você agora a verdadeira superação que é Jesus Cristo através do seu sangue derramado na cruz e a vitória sobre a morte. Jesus Cristo quer ser o mais além, Ele quer ser aquela força extra para que você consiga vencer seus medos.

     A palavra de Deus em Romanos 8.31 ensina: “Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?”. O nosso Deus poderoso quer estar ao seu lado em toda e qualquer situação ou dificuldade, justamente para ser essa força extra que precisamos quando não existem mais forças. Paulo nos ensina lá em 2 Coríntios capítulo 12 que a graça do Senhor é suficiente, justamente porque o poder dEle se aperfeiçoa em nossa fraqueza”. Deus quer que você vá mais além e supere seus medos através da força de Jesus Cristo e não das suas próprias forças. Experimente, vá mais além!

Guilherme Calado

SUPERANDO MEUS MEDOS COM A MELHOR DAS INICIATIVAS

Padrão

“No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor.” 1 João 4:18.

     O que é medo? Sentimento de angústia, de apreensão em face de um perigo real ou imaginário. Não há nada de anormal em sentir medo, afinal ele nasce com as pessoas e ninguém está imune a este sentimento, contudo, o medo que há em nós não deve preencher as lacunas do nosso coração. O problema aparece quando somos paralisados pelo medo.

     O contexto define termos importantes. Medo e tormento são ligados ao assunto do versículo anterior: o Dia do Juízo. Amor, também, é ligado aos versículos anteriores: Quem permanece no amor permanece em Deus. João explica o que é necessário para viver e morrer com a confiança da salvação em Cristo. É necessário aperfeiçoar o amor, que significa permanecer em Deus (1 João 4:16-17).

     Sabemos que somente o amor de Deus pode lançar fora todo medo que sentimos. Segundo a interpretação bíblica, o amor de Deus lança fora o medo de sermos condenados e de não herdarmos a vida eterna. Se estamos em Deus e Ele em nós, logo estamos em perfeito amor! E se o perfeito amor lança fora todo o medo, por que temer o amanhã?

     O amor de Deus nos salva, nos dá poder, nos abençoa, opera em nós, e toca outros através de nós. Acima de tudo, tendo experimentado este amor, nós podemos lançar fora o medo dos nossos corações porque nós sabemos aonde estamos em relação a Deus. A nossa tendência natural é ter medo diante daquilo que desconhecemos, porém nós, como filhos amados de Deus, não devemos temer o futuro, pois Cristo deixa claro qual é o futuro que Ele tem preparado para nós. Confia e descansa o seu coração no amor de Deus.

Pastor Leandro Santos

FIQUEM FIRMES!

Padrão

Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo. João 16:33

     Ficamos desanimados, cansados, sem sonhos e desmotivados. Pelo caminho da vida o nosso coração perde o ritmo e a beleza do verdadeiro caminhar. Assim como os discípulos de Cristo, nós muitas vezes fazemos várias promessas que não iremos cumprir, provamos de experiências duras e por isso ficamos como ovelhas dispersas. A dor, a angústia e o desânimo assumem o controle de nossa vida.

     Mas, como é bom saber que Jesus nos conhece, que nunca é enganado pelas nossas fracas e falsas promessas. Como é bom saber que mesmo na mais escura noite de nossa vida, Jesus sempre está conosco.

     Nossa paz, assim como a nossa vida não está firmada em circunstâncias favoráveis, mas sim na pessoa de Jesus (embora não haja nada mais favorável que isso). Ele é a nossa paz, nele e somente nele temos paz. Nós sempre iremos vencer por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor. 

     Portanto, vamos ficar firmes, aquietados no amor e no poder de Jesus o ressurreto, o maravilhoso Filho de Deus. Vamos escutar aquele que tem autoridade e que é verdadeiro. Jesus nos diz: “Fiquem firmes”, ou seja, “tende bom ânimo”!

     Em Cristo,

Pastor Rômulo

FELIZ DIA DOS PAIS!

Padrão

“No temor ao Senhor, o homem encontra um forte apoio e também segurança para a sua família”. Provérbios 14.26

     Em tempos de medo e insegurança, muitos apoios são usados pelas pessoas para criar uma sensação de segurança. Muitos encontram segurança no trabalho, nos investimentos, nos seguros (saúde, casa, vida), e até nas pessoas.

     Os conselhos de Salomão em Provérbios são claros sobre onde devemos depositar a nossa confiança e segurança. Mas permita-me aplicar Provérbios 14.26 a você, pai, nesse dia especial: em tempos de dificuldade, a segurança de sua família não será encontrada em criações humanas ou coisas deste mundo.

     Salomão deixou muito claro isso quando disse que o homem encontra forte apoio e segurança para sua família no temor ao Senhor. O temor ao Senhor faz um pai ser respeitado em casa; dá segurança aos filhos e à esposa; consola a família nas horas difíceis; promove a confiança de que as coisas vão melhorar.

     Pais, e aqui falo como filha: não tentem ser sempre fortes; permitam que seus filhos vejam que nos momentos difíceis, vocês encontram apoio e segurança no Senhor. Mostrem que vocês confiam mais no Senhor do que nas coisas deste mundo. Ensinem seus filhos a também temerem ao Senhor. Demonstrem que, nos dias de medo, o Senhor é a companhia constante que nos diz “Não temas”!

     E assim você terá um verdadeiro FELIZ DIA DOS PAIS!

Bruna Campos Araujo

COM OS OLHOS FITOS NO SENHOR

Padrão

“Porque em nós não há força para resistirmos a essa grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti” (2Cr 20.12)

     O rei Josafá estava por enfrentar a pior ameaça do seu reinado. Ao ser avisado sobre o grande exército que se dirigia contra Judá, algo que estava além de suas forças, “Josafá teve medo e se pôs a buscar ao Senhor” (v.3).

     Existem situações em que as dificuldades vão além das nossas forças, e isso nos deixa temerosos, sem saber o que fazer. Normalmente, quando isso acontece, muitos ficam estáticos, paralisados pelo medo, mas não foi isso o que aconteceu.

     Quando o medo quis dominar o coração de Josafá, ele buscou intensamente ao Senhor, e ao colocar os seus olhos em Deus, foi fortalecido. Ao olhar para Deus, ele contemplava Aquele que era maior do que seus medos, ele via que o seu socorro era muito mais forte que seus inimigos, e isso o impulsionou.

     Josafá, então, saiu para a batalha como o Senhor havia mandando: “Saiam para enfrentá-los amanhã, e o Senhor estará com vocês” (v.17); e naquele dia Deus deu grande vitória ao seu povo.

     Não deixe o medo dominar seu coração a ponto de paralisá-lo, mas coloque seus olhos no Senhor e peça direção a Ele. A palavra final não é dos seus inimigos, por maiores que sejam, mas do Senhor.

Pr. Guilherme Sant’Anna

O FIM ESTÁ PRÓXIMO

Padrão

Como devemos viver os últimos dias?

Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas.

Colossenses 3.1-2

     Sabemos que Jesus voltará e que será glorioso para nós, os filhos de Deus. Mas até esse dia chegar, como devemos viver? Muitas pessoas apenas aguardam, passivamente, a segunda vinda de Cristo, vivendo completamente imersas e ocupadas nas coisas dessa vida. O apóstolo Paulo escreveu o 3º capítulo de Colossenses para nos dar instruções práticas e ajudar-nos a viver de modo digno até esse grande dia.

     Tudo começa na mente. Nossas ações são consequência daquilo que povoa nossos pensamentos. Por isso a Palavra de Deus nos instrui a sermos muito cuidadosos com o que pensamos (Fl 4.8). Vivemos neste mundo, temos responsabilidades e preocupações com essa vida, é verdade. Mas a melhor forma de vivermos é tendo nossos pensamentos nas coisas lá “do alto”, naquilo que é eterno.

     Quando mantemos a mente na eternidade nossa perspectiva muda. Aquilo que antes tinha grande importância perde a força e outras coisas que antes estavam de lado, tornam-se prioridade. Por exemplo, por que investirei a maior parte do meu tempo e energia em tentar ficar rico, sendo que tudo que acumular não será levado para a próxima vida (Mt 6.19-21)? Não é muito melhor investir os melhores anos da minha vida nos relacionamentos que valem a pena e que durarão por toda a eternidade? Ou ainda, não é mais proveitoso esforçar-me por conhecer mais e mais o Senhor, pois assim poderei impactar muito mais este mundo? Não deveria orar e investir tempo compartilhando o Evangelho com aqueles que amo?

     Todos os dias, faça o exercício de viver com a mente nas coisas eternas. Escreva lembretes e versículos que o ajudem a fazer isso e deixe no seu celular, na mesa do escritório ou no espelho de casa.  Com o tempo você verá as profundas transformações que isso gerará na sua vida e nas pessoas ao seu redor. Até que Ele venha!

Pr. Marco Aurélio

Podemos confiar que Jesus Voltará?

Padrão

O FIM ESTÁ PRÓXIMO

“… nos últimos dias, virão escarnecedores com os seus escárnios, andando segundo as próprias paixões e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda?” 2 Pedro 3.3,4

     Já se passaram quase 2000 anos da promessa da Segunda Vinda do SENHOR Jesus, conforme Mateus 24.30

“Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória.” Podemos confiar que Jesus realmente voltará?

     Nos dias do apóstolo Pedro, em 64 d.C., ou seja, 30 anos após a morte e ressurreição de Cristo, a grande pergunta que os zombadores do Evangelho faziam era: “Onde está a promessa da sua vinda?” A explicação do apóstolo Pedro em sua segunda carta às igrejas é o fundamento da nossa esperança! Em primeiro lugar ele nos ensina que, para Deus, o tempo é relativo: “mil anos são com um dia” 2 Pe 3.8 Deus está acima do nosso tempo e age na hora certa, nem antes e nem depois. Em segundo lugar, o fato de Jesus não ter voltado ainda não significa demora, mas sim, paciência, bondade, misericórdia para com os pecadores, dando tempo para que todos os que Deus escolheu, ouçam a voz do Evangelho, arrependam-se e sejam salvos. A aparente “demora” é na verdade, graciosa bondade e misericórdia de Deus!!

     Por isso, sim, podemos confiar que Jesus voltará para buscar a Sua Igreja e redimir a criação com Novo Céu e Nova Terra. Todavia, será como ladrão (2 Pedro 3.10), de repente, sem aviso prévio, sem data marcada. Que todos os dias estejamos preparados, com nosso coração repleto da presença de Cristo Jesus, e nossos lábios cheios das boas novas de salvação. Maranata, vem SENHOR Jesus!!

Pastor Marcus Vinícius