IGREJA MULTIPLICADORA

Padrão

Antes da ascensão do Senhor Jesus, Ele nos deu a ordem de fazermos discípulos e essas palavras, talvez são as mais lembradas por nós, porém as vezes negligenciamos. Quando Ele disse: “Vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.” (Mateus 28.19 – NVI). Não sabemos quantos discípulos o Senhor Jesus tinha em mente, mas quando diz nações, entendemos que a nossa missão, e da Igreja exigiria avanços, crescimentos, multiplicações.

Como Igreja do Senhor, precisamos rejeitar o medo do crescimento, pois não faz parte do propósito original do Senhor Jesus para a Igreja. Esse medo trava a Igreja e constrói muito mais “muros” do que “pontes”.

Assim como Jesus olhava para as nações, nós como Igreja devemos fazer o mesmo. Não podemos querer só para nós, o que foi ordenado que fosse compartilhado com todos. O avanço da Igreja glorificava o nome do Senhor Deus. A Igreja foi e é uma forte influenciadora da sociedade, e nós precisamos usar tudo que somos, toda a capacitação que vem do Espirito Santo para sermos benção onde estivermos, e apresentarmos esse grande amor que já nos alcançou.

 Letícia Schiavi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *