“O HOMEM QUE SABIA DEMAIS!” - Artigos - IPCALVARIO

Ir para o conteúdo

Menu principal:

“O HOMEM QUE SABIA DEMAIS!”

IPCALVARIO
Publicado por em Boletim ·
“O HOMEM QUE SABIA DEMAIS!”
“Disse Jesus a Nicodemos: Tu és mestre em Israel e não compreendes estas coisas?”
João 3,10
Você sabe a diferença que existe entre conhecimento, sabedoria e inteligência? Será que existe mesmo diferença entre essas palavras e a maneira como as aplicamos? Veja só, a partir de uma simples definição de um dicionário:
- Conhecimento: ato ou efeito de conhecer, conteúdo que pode ser adquirido ou experimentado;
- Sabedoria: capacidade de aplicar bem o conhecimento;
- Inteligência: conjunto de todas as faculdades intelectuais.
A diferença entre esses conceitos é muito sutil, mas extremamente significativa e determinante. Existem pessoas que conhecem todos os assuntos ou são profundamente inteligentes, mas não se mostram sábias no falar, no proceder e no relacionar-se. Outras são extremamente sábias sem nunca terem se sentado numa cadeira de escola e faculdade. Conhecemos algumas coisas pela experiência ou pela absorção de algum conteúdo, mas a sabedoria vem com o passar dos anos e o acúmulo de situações boas ou ruins, alegres ou tristes, edificantes ou destruidoras.
O capítulo 3 do Evangelho de João apresenta-nos um personagem muito interessante: Nicodemos. Ele era um dos principais dos fariseus e que procurou por Jesus numa noite a fim de esclarecer algumas de suas muitas dúvidas. Seguramente ele era um homem dotado de muito conhecimento religioso e cultural, e não resta dúvidas de que era inteligente o bastante para ocupar a posição que tinha, no entanto, para alguns relacionados ao Reino de Deus se mostra pouco sábio e com algumas interrogações que poderiam lhe assemelhar a capacidade intelectual de uma criança.
Nicodemos conhecia muito bem as leis, os profetas e era considerado por muitos como um doutro da lei de Deus, no entanto, não conhecia o básico e essencial para a sua relação com Deus. Ele não sabia como nascer de novo! Não conhecia o que significava viver uma vida dirigida pelo Espírito Santo! Eis algumas coisas que nós precisamos conhecer, não podemos viver com essa dúvida em nossa mente e coração. Preciso saber que para nascer de novo é necessário crer em Jesus Cristo como o Filho de Deus e nosso Salvador, que morreu na cruz em nosso lugar dando assim a sua vida por nós. Preciso saber ainda que para ter uma vida dirigida pelo Espírito Santo é necessário ser conduzido por Ele em todo o nosso falar, pensar, agir, sentir, meditar, interagir, relacionar...
Admiro muito as pessoas que conhecem muito, mas todos precisam saber que precisamos de Jesus!
Um bom domingo a todos!
Pastor Arthur Júnior


Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal